A mais famosa bebida brasileira surgiu como um remédio

Em 2018, o irresistível coquetel tupiniquim, completou cem anos. Mas a receita mudou durante esse tempo. Antes, usavam mel no lugar do açúcar e ao invés de gelo, colocavam alho.

No ano de 1918, fim da primeira guerra mundial, uma pandemia de gripe espanhola se espalhou pelo planeta. No Brasil, ela chegou a bordo do Demerara, um navio de luxo que veio da Europa trazendo passageiros infectados pelo vírus, que desembarcaram nas cidades de Recife, Salvador e Rio de Janeiro. Em um mês, a epidemia já tinha se espalhado pelo país, matando milhares de pessoas. Na época, os governantes só passaram a levar a doença a sério depois que cadáveres começaram a ser empilhados pelas ruas.

Compreensão de texto

Saúde e prevenção de doenças

Nível B1

O surgimento da caipirinha está diretamente relacionado à história da cachaça, uma bebida que durante muito tempo foi estigmatizada por ser consumida pelas camadas populares. Assista ao vídeo do Nexo Jornal, da série “É por quilo” e saiba mais sobre o uísque brasileiro.

Saiba mais

Joana Menteleole para o “Brasil de Fato”: https://www.brasildefato.com.br/2020/04/03/gripe-espanhola-a-pandemia-esquecida-que-varreu-o-mundo-em-1918

Dias Lopes para “Veja”: https://veja.abril.com.br/blog/dias-lopes/o-centenario-da-caipirinha/

Ricardo Westin para “Agência Senado”:
https://www12.senado.leg.br/noticias/infograficos/2018/09/epidemia-de-gripe-espanhola-no-brasil-mata-presidente-faz-escolas-aprovarem-todos-os-alunos-e-leva-a-criacao-da-caipirinha